Rena

Nome Popular: Rena ou Caribu
Nome científico: Rangifer tarandus
Onde vive: Habita a tundra, em países como Canadá, Alaska, Escandinávia, Rússia e Islândia
Tamanho: De 1,6 a 2,2 metros
Peso: De 200 a 300kg
Filhotes por gestação: Geralmente um, a gestação dura de 7 a 8 meses.











Status Gerais

















São cervídeos herbívoros e ruminantes de grande porte, entretanto os machos são maiores que as fêmeas (chegando até o dobro de seu tamanho).
É revestido por duas camadas de pêlo, uma muito densa e curta (interna), e outra longa (externa), suas cores variam de branco, cinza ou, mais comum, castanha com partes mais claras.
Possuem galhadas em ambos os sexos, isto ocorre somente com este animal, dentre os cervídeos, eles trocam de galhadas todos os anos.
No verão esta armação é revestida por uma camada fina de pele, semelhante a veludo, chegando o inverno a pele seca e o animal esfrega as galhadas o máximo que pode para arrancá-la, ficando toda branca. Neste período chega a época de acasalamento, quando começam a ficar agressivos e darem cabeçadas para disputarem as fêmeas, usando a armação como arma, depois deste período a galhada cai, voltando a nascer novamente na primavera. A cada nova galhada que cresce, seu tamanho aumenta. Dentre os cervídeos a rena é quem possui a maior galhada. A galhada das fêmeas são mais curtas e menos elaboradas, elas as usam para proteger suas crias dos perigos. Assim como os bois almiscarados, quando necessário para proteger um filhote, eles o circundam apontando suas armações para o predador com o objetivo de intimidá-lo. Os machos, comumente protegem o grupo familiar, é raro protegerem a cria. Não obstante, só usam as galhadas em ultimo recurso, preferindo fugir aos perigos que enfrentá-los, já que seus sentidos são muito apurados.
Esses belos animais se alimentam especialmente de bambus, ervas rasteiras, líquens, cogumelos e raízes. Apesar da difícil digestão e de obterem poucas calorias, as renas o comem porque possui uma substância que os ajuda a manter o corpo aquecido em meio a neve. Conseguem este musgo cavando a neve com suas patas ou até mesmo com as galhadas. A alimentação neste ambiente é escassa, por isso suas manadas de andar longas distâncias para terem do que se alimentar sendo, geralmente, são guiadas pelos machos mais experientes, e assim que o bando chega ao destino a vigilância contra predadores fica sob a responsabilidade das fêmeas mais maduras. Suas patas são peludas e possuem cacos largos e flexíveis, a possibilitando de andar sobre a neve sem maiores problemas.
São predadas por lobos, por águias-douradas e corvos que muitas vezes comem os olhos dos recém nascidos, o que os leva a morte por outros predadores. Os humanos tentam a domesticar para que puxem trenós, e se utilizarem o sangue, a carne, o leite, as galhadas e o couro.
São boas nadadoras, muitas vezes se atiram à água fria para fugir de seus predadores. Sua expectativa de vida é de aproximadamente 15 anos.
Atualmente, com temperaturas mais quentes e, portanto, mais chuvas e derretimento da neve, forma lâminas de gelo sobre a neve assim que a água congela novamente, impedindo destes animais cavarem a neve com seus cascos, deste modo muitas vezes estes animais acabam por morrerem de fome. A dieta destes animais na tundra é muito escassa, baseando-se de gramíneas e alguns poucos arbustos (no verão), e no inverno quase que totalmente de liquens, pois as plantas não crescem mais por causa da neve, assim influencias climáticas podem acabar em desastres para esta espécie tão evoluída para a tundra.

Foto(s) retirada(s) do(s) site(s):

2 comentários:

Alerta Planetazul disse...

Gostámos muito e já estamos a seguir!
Acreditamos que a responsabilidade é de todos no que toca à preservação do meio ambiente. O nosso lema é passar a mensagem e multiplicar os gestos.
Saudações
Maria Terra

Animal em Risco disse...

Agradecemos seu contato, ficamos muito felizes em receber a sua mensagem.
Pode contar sempre com o Blog Animal em Risco para passar a mensagem e continuar multiplicando os gestos nesta luta pela preservação do meio ambiente e dos animais.

Animal em Risco
O Blog Selvagem!