Pavão

Nome Popular: Pavão
Nome científico: Pavo Cristatus
Onde vive: Ele é originário da Índia, vivem em florestas temperadas (Taiga)
Tamanho: Altura, contando com a cauda, é de 2,15 m
Quanto pesa:
Peso do macho é de 3900grs e a da fêmea é de 3.300 grs
Filhotes por gestação:
20 a 25 ovos, eclodindo de 20 a 30 dias











Status Gerais:


O pavão é uma ave originária de Burma, Java, Malaia e Congo. Essa ave não migrou sozinha, ela foi introduzida nos outros países através do ser humano, que por vezes, pega essa ave para criação em viveiros.
O pavão é sempre lembrado como ave sagrada em quase todos os países orientais. Em países que ele não era sagrado, ele era oferecido como uma carne fina, como quando nobres iam fazer grandes festas, mandavam servi-lo.
Há mutações no pavão originário da Índia, como o pavão branco e o de ombros negros.
Tem pessoas que dizem que eles vivem até uns 50 anos. O pavão tem uma plumagem colorida e bonita, com tons de branco, azul, verde, dourado ou negro. As cores são muito fortes, para que eles possam chamar a atenção da fêmea, e ele usa a cauda como uma "hipnotização", ou seja, ele a usa como principal instrumento, em relação ao acasalamento. Na época do acasalamento, sua plumagem fica com a cor ainda mais intensa.
Na hora de dormir eles, normalmente, sobem às árvores para repousarem tranquilamente, este instinto foi colocado em sua vida de forma mais intensa para que possam fugir de seus predadores, à fim de que não fiquem expostos à qualquer perigo em meio ao período noturno.
O ovo é chocado pela própria, mas em criadouro tem pessoas que deixam outras aves os chocarem os ovos, como galinhas.
Uma coisa muito linda, talvez, só encontrada na natureza, é que a pavoa prefere morrer sendo atacada por ferozes predadores, à deixar que ele coma seus ovos.
A cauda do pavão serve para apoio durante o acasalamento, suas patas se arrancadas podem matar o pavão de tanta dor.
Quase sempre no final de Janeiro as plumas são trocadas, pois já estão velhas, mas depois de um mês, as penas renascem, com muito mais brilho do que estavam as velhas.
Os pavões alimentam-se de insetos, plantas, flores, sempre que possível, minhocas e alguns tipos de frutas, como bananas.
Essa ave está em extinção, fazendo com que os machos briguem muito mais pelas fêmeas do que seria o normal para essa espécie.
Atualmente, há muitos lugares que vendem pavões, cada um sai por cerca de R$ 1.500,00, mas se bem cuidado, em um viveiro, com vida regular, dando ração, água, tendo espaço e bem-cuidando do animal é permitido possuí-los.
Há muitas espécies de pavões, entre elas as raças albina (o pavão-branco), pavão-azul, pavão-de-ombros-negros, pavão-alerquim, pavão-verde (ou pavão-gigante), pavão-do-Congo, pavão-Michalick, e é claro, o pavão-indiano, mas todos são de uma espécie muito bela e, por isso, muitas pessoas se interessam por eles.

9 comentários:

c i n t i a disse...

Ele é muito lindo, ne???

Sò Dinossauros disse...

O banner foi add
sodinossauros.blogspot.com

vlw

Allan Toshio disse...

Opa! desculpa a demora, adicionei você como parceiro! Obrigado e parabéns pela iniciativa!

MiKa disse...

Seu banner foi arrumado, seu blog tambem está otimo.

nessa disse...

adorei!!!

NELLE disse...

adorei ele e um animal muito raro de se ver gostei!!!!!!******

AMANDA disse...

ELE
ENCRIVEL LINDOO!!

Anônimo disse...

ele é a coisa mais linda,de todas aves[red]

Anônimo disse...

ele é a coisa mais linda,de todas aves!!!