Águia Real


Nome Popular: Águia Real
Nome científico: Aquila chrysaetos
Onde vive: Em grande parte do Hemisfério Norte. É encontrada na Europa Ocidental, no Norte da África, e em grande parte da América do Norte
Tamanho: Envergadura de 2,20 a 2,50 metros
Peso: 7 kg, em média
Filhotes por gestação: Bota 2 ovos e 1 a 4 ovos, o período de incubação varia de 35 a 40 dias.




Status Gerais:


















Nos Estados Unidos são consideradas ameaçadas de extinção,e, por isto, são protegidas por lei federal.


A Águia Real, também conhecida como Águia dourada, procura viver em lugares altos, montanhas, montes e etc. Ela precisa desses lugares para poder construir seus ninhos, pois no alto é o melhor lugar para ensinar os filhotes a voar. A maneira de ensinar o filhote a voar é muito simples. Depois que os filhotes nascem, os que sobrevivem são manejados da seguinte forma, quando se aproxima o tempo de voar: o pai ou a mãe daquelas águias os empurra do ninho a uma grande altura que varia de onde foi instado o ninho. Se o filhote conseguir abrir as asas e voar, a lição está concluída, mas se caso ele não descobrir como voar a uma determinada altura, a mãe, ou o pai, voa com uma velocidade maior do que a do filhote que está caindo e o pega nas suas costas e o trás de volta ao ninho para reiniciar a lição.
Na natureza existe uma lei muito impiedosa, mas que se não houvesse a intervenção humana estragando o ciclo perfeito da natureza, serviria para evitar que existisse uma superpopulação de determinada espécies. Essa lei se é a lei do mais forte sobrevive. No caso das águias isso é aplicado entre os filhotes, ou seja, o primeiro filhote a nascer será maior, e, portanto, mais forte do que seus(s) irmão(s), então ele pode vir a matar as demais crias que nascerem no ninho. Os pais nunca os impedem de fazer, afinal são seus instintos. Para entendermos tamanha "crueldade" é simples: quando um animal nasce muito fraco, como as outras águias, ele não aguentará chegar à idade adulta, estará sempre mais vulnerável a caçadores maiores e, por fim, chamará mais a atenção de animais perigosos, pondo em risco toda a família.
Assim como as corujas, ela é monogâmica, mas a reprodução acontece apenas uma vez ao ano. Quando vai construir procura os locais mais inacessíveis o possível, mas se mesmo assim um humano a perturbar no ninho, ela abandona, esses ninhos têm cerca de 3 metros de diâmetro e são feito de remos, galhos, penas, teias de aranha e outras coisas encontrado no lugar em que se foi construído.
Essa águia é uma excelente caçadora, entre todos os olhos das aves de rapina são aguçadíssimos, ela consegue enxergar a uma altura de 300 metros a sua presa. Suas presas se consistem em ratos, toupeiras, coelhos, lebres, outras aves de porte menor, pequenos repteis e, quando avista um ajuntamento de urubus em volta de um cadáver de algum animal, também pode comer da mesma carniça. Quando vai atacar a presa seu "mergulho" pode ter de 240 a 320 km/h por sobre a presa, dando chances mínimas de fuga, porém, seu vôo normal varia de 45 a 50 km/h.
Ela consegue usar as corrente térmicas para planar sem que faça grandes esforços por algumas horas e para ficar na altura desejada, basta apenas que bata as asas algumas vezes. No seu vôo ela aguenta um peso de até 3,5 kg.
Por fim entre muitas coisas que expõem esse linda ave riscos são principalmente: a caça ilegal, o pouso em fios de alta tensão e o envenenamento. Difícil saber o que podemos fazer para ajudar essas linda aves, mas podemos fazer uma coisa que devia ser uma regra de vida para todos: jamais comprem objetos de animais selvagens, pois contribui e oferece o incentivo necessário para esse tipo de mercado!

________________________________________________________________________________________________
Agradecemos à Glaucio por pedir essa postagem!

Sugestão: Se você quiser uma postagem sobre um animal, como Glaucio fez, mande um e-mail pra gente.
Ou deixe um comentário, será um prazer escrever sobre o seu animal favorito!

2 comentários:

Acrocephalus disse...

Nice blog! I've just subscribed to it.
Cheers!

Dani

Animal em Risco disse...

Thanks for responding to the comment!
I'll be visiting your blog constantly!

Success!

Animal at Risck
___________________________________________

Obrigado por responder ao comentário!
Estarei visitando o seu blog constantemente!

Sucesso!

Animal em Risco
O Blog Selvagem!